27/05/2016 às 09h05

Justiça manda prender empresário acusado de estupro

Depois de 14 anos, o empresário José Maurício Viana Lisboa, de 66 anos, acusado pelo crime de favorecimento à prostituição e estupro de vulnerável teve o pedido de prisão expedido pela Justiça do Acre, que teve como base novo entendimento do Superior Tribunal de Justiça. O STJ entende que um réu condenado em segunda instância deve cumprir pena de prisão, mesmo que esteja recorrendo aos tribunais superiores.

25/05/2016 às 09h05

Mãe usa bebê como barreira em protesto

Uma cena chamou atenção na noite desta segunda-feira (23), durante o protesto no Terminal Urbano, no Centro de Rio Banco. A pequena Kevelly Sophia , de 1 ano e 10 meses, foi deitada em um colchão no meio da rua para impedir a entrada de ônibus no local.

A mãe, Maria Aparecida, de 22 anos, disse que o ato quis sensibilizar as autoridades para a situação das famílias que exigem casas populares que foram desocupadas durante a terceira fase da Operação Lares, que desarticulou um esquema de fraude no sorteio de casas populares.

23/05/2016 às 02h05

Após confusão jovem de 19 anos é esfaqueada em balneário

A jovem Luana Aragão da Silva, de 19 anos, permanece internada no Hospital de Urgência e Emergência (Huerb) de Rio Branco após ter levado sete facadas enquanto se divertia no Balneário Ouro Verde, localizado na Estrada do Quixadá, no domingo (22).

Segundo o pai da jovem, o supervisor de açougue Jucelino Matos, de 40 anos, a filha estava no local com uma irmã e a namorada quando duas jovens desferiram as facadas.

21/05/2016 às 10h05

Alunos acusam PM de truculência durante protesto em escola

Um grupo de alunos da Escola Estadual Humberto Soares, no Bairro José Augusto, em Rio Branco, acusa agentes da Polícia Militar (PM-AC) de truculência durante um protesto por melhorias no colégio realizado nesta sexta-feira (20). Quatro estudantes foram conduzidos à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e as aulas foram suspensas por causa do ocorrido.

20/05/2016 às 09h05

Detentas fazem greve de fome e motim há dois dias em presídio

Na Unidade Penitenciária Feminina Guimarães Lima, em Cruzeiro do Sul, 14 detentas foram identificadas e levadas à delegacia da cidade por liderarem dois motins em 48 horas. Há dois dias, as presas estão em greve de fome e pedem a presença do juiz e reivindicam transferência para suas cidades, pois, 70% da população carcerária do presídio é do interior do estado. Durante um motim nesta quarta-feira (18), uma presa quebrou o tornozelo e foi levada ao hospital da cidade.

 

19/05/2016 às 02h05

Agricultor é torturado e morto em vila no interior

 

Um agricultor de 28 anos foi morto a tiros e facadas na noite desta quarta-feira (18), na Vila Redenção, localizada no município de Acrelândia, distante 105 quilômetros de Rio Branco.

Jodair Nascimento de Almeida vinha sendo ameaçado de morte, segundo informa seu irmão, o também agricultor Claudeir Nascimento, de 25 anos.

Um homem foi preso suspeito de participação no crime, segundo informações do delegado responsável pelo caso, Marcos Costa. O delegado afirma que equipes da polícia estão investigando a morte do agrilcutor.

18/05/2016 às 09h05

Presidiárias fazem motim e vão parar na delegacia

Um princípio de rebelião na Unidade Prisional Feminina Guimarães Lima, em Cruzeiro do Sul, terminou com cinco detentas encaminhadas à Delegacia Geral do município na tarde desta segunda-feira (16).

Segundo informações do boletim registrado pelo Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), a confusão começou por volta das 13h30 quando algumas detentas começaram a bater nas grades dando início a um princípio de motim reivindicando a presença do juiz na unidade.

14/05/2016 às 09h05

Para reduzir gastos, governo devolve 16 imóveis alugados

O governo  do Acre anunciou que devolveu 16 imóveis alugados para servir como sede de órgãos e secretarias. A medida, anunciada nesta sexta-feira (13), é mais recente em uma série de cortes que estão sendo feitos para controlar gastos.

Segundo a chefe da Casa Civil, Márcia Regina, a medida deve poupar ao menos R$ 4 milhões por mês dos recursos estaduais. Até o fim deste ano, a meta é economizar 120 milhões em todos os setores.

Outra medida anunciada, é que o número de carros alugados também deve ser reduzido, além do controle de combustível durante o período de expediente.

Páginas